Programa de Pós-Graduação em Desastres Naturais
  • Final de Ano e Férias – PPGDN

    Publicado em 21/12/2017 às 9:46

    Gostaríamos de informar que entre os dias 26/12/2017 e 24/01/2018 a secretaria do Programa de Pós-Graduação em Desastres Naturais estará fechada, devido ao fato de serem férias do único técnico-administrativo em educação do programa.

    Lembrando que ainda não temos previsão para a publicação do edital do processo seletivo para a próxima turma. Porém quando for publicado, estará aqui em nosso website.

    Desejamos a todos um Feliz Natal e um excelente 2018!


  • Novo local de atendimento – Secretaria PPGDN

    Publicado em 27/11/2017 às 14:02

    Gostaríamos de informar que durante as próximas semanas a secretaria do Programa de Pós-Graduação em Desastres Naturais atenderá junto ao Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, no 4° andar do Bloco E do CFH (prédio novo), próximo à entrada da Biblioteca Setorial do CED.


  • LUTO: suspensão das atividades na UFSC

    Publicado em 02/10/2017 às 18:22

    Os Diretores das Unidades Acadêmicas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) comunicam seu pesar pelo falecimento do Reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo. Reunidos, decidiram suspender todas as atividades acadêmicas e administrativas por três dias, em sinal de luto.

    Outras atividades, já agendadas ou que envolvam convidados externos ou eventos em andamento, deverão ser avaliadas caso a caso.

    As unidades acadêmicas conclamam a comunidade universitária a manter-se unida e atenta às comunicações oficiais a serem publicadas oportunamente de modo a prestar sua manifestação de respeito e solidariedade à instituição e a seu dirigente máximo.

    Florianópolis, 2 de outubro de 2017.


  • Lançamento do Cadernos Geográficos Nº 36 – Homenagem póstuma à Professora Dra. Magaly Mendonça

    Publicado em 13/09/2017 às 18:55

    O LabClima tem a honra de convidar a todos para o Lançamento do Cadernos Geográficos Nº 36, produzido como homenagem póstuma à Prof.ª Dr.ª Magaly Mendonça, organizado por seus amigos e orientandos. O Caderno Nº 36 é uma compilação de depoimentos pessoais de grandes amigos que a Prof.ª Magaly conviveu ao longo da vida e também de artigos científicos produzidos por colegas e orientandos.

    Além do lançamento, ocorrerá também a Aula Inaugural do Curso de Geografia da UFSC (Calouros 2017.02).

    O palestrante principal será o Prof. Dr. Hugo Romero (UChile).


  • 48ª Reunião do Programa de Geologia e Geofísica Marinha

    Publicado em 18/08/2017 às 13:29

    A 48ª Reunião do Programa de Geologia e Geofísica Marinha, Workshop de Geologia e Geofísica Marinha e 2ª Reunião CAPES/IODP Brasil serão realizados de 6 a 9 de novembro de 2017, em Balneário Camboriú.

    Mais informações no site: https://pggm2017.wixsite.com/2017


  • 2º Seminário Regional da Defesa Civil de Santa Catarina

    Publicado em 07/08/2017 às 14:08
    A Secretaria de Estado da Defesa Civil, através da Coordenadoria Regional da Defesa Civil da Grande Florianópolis, e a FECAM, convidam para o II Seminário Regional de Proteção e Defesa Civil: A gente não pode mudar o passado, mas pode prevenir o futuro.
    Inscrições e maiores informações no convite anexo e no site: http://egem.org.br/detalhe/?id=356

  • Semana de Estudos Geológicos de Santa Catarina está com inscrições abertas

    Publicado em 03/08/2017 às 10:17

    A 5º Semana de Estudos Geológicos de Santa Catarina (SEGESC) contará com palestras e minicursos de variadas áreas. Confira a programação completa no site. Mais informações pelo Facebook.


  • II Seminário Regional de Proteção e Defesa Civil – Tubarão/SC

    Publicado em 13/07/2017 às 16:57

    A Secretaria de Estado da Defesa Civil e a Fecam convidam para o II Seminário Regional de Proteção e Defesa Civil: a gente não pode mudar o passado, mas pode prevenir o futuro.

    Segue link abaixo com mais informações:

    http://www.unisul.br/wps/portal/home/fique-por-dentro/eventos/todos/2017/07/ii-seminario-regional-de-protecao-e-defesa-civil


  • Cartas geotécnicas, para prevenção de desastres naturais, são entregues a 15 cidades catarinenses

    Publicado em 29/06/2017 às 13:20

    Representantes de 15 cidades catarinenses receberam no início da tarde desta quarta-feira, 28 de junho, em cerimônia realizada no Teatro Governador Pedro Ivo, em Florianópolis, as cartas geotécnicas de Aptidão à Urbanização. O Laboratório de Geoprocessamento (LabGeop) da UFSC, em parceria com o Ministério das Cidades, realizou a entrega e elaborou a metodologia para as cartas e o mapeamento nos municípios. O primeiro a receber o material produzido pela Universidade foi Yuri Della Giustina, da Secretaria Nacional.

    Serão contemplados 27 municípios, e na oportunidade, foram selecionados a receber Alfredo Wagner, Antônio Carlos, Balneário Camboriú, Camboriú, Gaspar, Ilhota, Ituporanga, José Boiteux, Luiz Alves, Navegantes, Palhoça, Presidente Getúlio, Rio Fortuna, Rodeio e São José. As cartas geotécnicas orientam as prefeituras nas questões de planejamento urbano com foco na prevenção de desastres naturais. O objetivo é auxiliar na edição e na revisão dos planos diretores, evitando assim a formação de novas áreas de risco.

    Participaram do evento os pró-reitores de Extensão Rogério Cid Bastos, de Pesquisa, Sebastião Roberto Soares, o vice-diretor do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH), Rogério Luiz de Souza, do Ministério das Cidades, Yuri Della Giustina, os professores do Departamento de Geociências Juan Antônio Altamirano Flores e Everton Silva, o diretor de Estatística e Cartografia Carlos Mestre Crespo Luz, o arquiteto e urbanista e representante da Associação dos Municípios da Grande Florianópolis Edson Luiz Cattoni, a promotora de Justiça do Ministério Público Marcia Aguiar Arend, o secretário-executivo de Habitação e Regularização Fundiária Leodegar Tiscoski, e o superintendente da Região Metropolitana de Florianópolis Cassio Taniguchi.

    Para o professor Juan o “repasse do trabalho desenvolvido pela UFSC é um momento histórico, principalmente porque atende a populações sujeitas a eventos extremos”. Agradeceu a todos os parceiros, “principalmente aos municípios pela receptividade e por possibilitar o andamento do trabalho da forma como havia sido proposto inicialmente”. Falou sobre a suscetibilidade do estado a deslizamentos e inundações e citou exemplos como a ressaca na praia da Armação, em Florianópolis, das enchentes em Tubarão (1974), em Blumenau nos anos 80, no Alto Baú em Ilhota (2008), entre outras tragédias. A metodologia adotada serve para evitar esses tipos de evento.

    Cartas na Web

    A disponibilização das cartas à sociedade em ambiente web foi o tema abordado pelo professor Everton, que, primeiramente agradeceu ao Ministério das Cidades por oportunizar ao Departamento de Geociências da UFSC o desenvolvimento de um projeto de elevada importância para a sociedade brasileira. Explicou que este tipo de trabalho está sendo feito por outros estados, porém de forma mais intensa em Santa Catarina, por apresentar o maior número de municípios , 27 no total. Reconheceu também a participação do estado que cedeu “uma base cartográfica de muita qualidade, fundamental para que a atividade fluísse e fosse entregue a tempo”.

    Lembrou que no escopo inicial, a ideia era compor um banco de dados georeferenciado. “À medida que fomos tomando conhecimento da relevância desse produto, chegamos à conclusão que a melhor forma de atender adequadamente aos usuários finais seria disponibilizar os dados em uma plataforma de fácil utilização, que atingisse o maior número de pessoas, que fosse segura e que pudesse ter continuidade”. E acrescentou que o sistema de disponibilização de mapas foi baseado em uma aplicação sem custo e com potencial multifinalitário. “Esse mapeamento é de extrema importância para apoiar as políticas urbanas, a implantação dos planos diretores, a construção e a aplicação de instrumentos que visem à ocupação adequada do território e evitem as catástrofes”.

    Na sequência o desenvolvedor do sistema, Waldemar Filho, explicou ao público os aspectos técnicos. Ressaltou que a vantagem de ser na web é a centralização da manutenção do aplicativo. Sua exposição enfocou a segurança, o modelo adotado de software livre e de código aberto, a estrutura tecnológica, a arquitetura física, a publicação dos dados e demais funcionalidades.

    Laboratório

    O LabGeop foi criado em julho de 1994 e entre as suas atividades presta apoio técnico na área de geoprocessamento e utilização dos recursos de sensoriamento remoto e cartografia digital, para produção de dissertações de mestrado e teses de doutorado. O Laboratório encontra-se no 2º piso do anexo ao bloco C do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH).

    Mais informações nos sites labgeop.ufsc.br e mapgeo.cfh.ufsc.br

     

    Rosiani Bion de Almeida/Agecom/UFSC

    Fotos: Henrique Almeida/Agecom/UFSC


  • Seminário discute Cartografia Geotécnica como prevenção de desastres naturais em Santa Catarina

    Publicado em 27/06/2017 às 9:19

    O Laboratório de Geoprocessamento do Departamento de Geociências da UFSC e a Secretaria Nacional do Ministério das Cidades irão realizar II Seminário Cartografia Geotécnica na Prevenção de Desastres no Estado de Santa Catarina. O encontro ocorre no Teatro Pedro Ivo no dia 28 de junho, a partir das 14h.

    O evento visa divulgação e publicidade da metodologia de elaboração das cartas geotécnicas de aptidão à urbanização frente aos desastres naturais, desenvolvidas pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em parceria com o Ministério das Cidades e entrega oficial dos produtos de cartografia geotécnica para 15 municípios do Estado de Santa Catarina.

    As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas aqui. Basta clicar em Solicitar inscrição; selecionar a opção cadastrar-se para acessar ao sistema da UFSC; preencher os campos e Salvar; e Confirmar a inscrição no evento.

    O encontro terá transmissão on-line pelo YouTube.

    Mais informações na página do evento no Facebook